quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Líder: Criador de confusão ou conciliador


Oswaldo Luiz Gomes Jacob

Na vivência da Igreja temos percebido muitos líderes criadores de confusão em vez de conciliadores. É mais fácil usar de interesse pessoal do que trabalhar pela conciliação. Devemos nos expor para o bem do Corpo de Cristo. Tanto na denominação quanto na Igreja local temos essas duas classes de líderes.
Jesus não ensinou a confusão, mas a conciliação com base no amor fraterno, que vê o macro (visão mais ampla) e não o micro (visão apequenada). Que percebe o interesse maior em detrimento do interesse menor. Muitos líderes lutam por cargos e não por cargas. Eles não querem as cargas, mas sim os cargos que, muitas vezes, produzem desunião. São elementos maldosos, enganosos, egoístas e sem escrúpulos. É lamentável que no Reino de Deus tenha elementos desta espécie, que vivem na contramão da vontade de Deus criando um ambiente de desarmonia.

Líderes criadores de confusão
Os lideres criadores de confusão são megalomaníacos. Promovem a divisão da Igreja para atender seus próprios caprichos em função do seu personalismo. Eles não economizam atitudes e atos desonestos para conseguirem o seu intento. A sua filosofia é maquiavélica. Eles não estão preocupados com os meios utilizados desde que cheguem lá. Paulo os identificou em Filipos, pois eram inimigos da cruz de Cristo cujo deus era o ventre.
Os elementos que produzem divisão vivem com a corda na barriga e não no pescoço. Lutam pela liderança para o seu conforto pessoal. Eles são vaidosos, ditadores e gananciosos. Eles se utilizam de política baixa. São desonestos e aplicam golpes baixos. Não possuem ética. Não têm amor pelo próximo. O apóstolo João na sua Terceira Epístola, escrevendo a Gaio, líder da Igreja, se refere a um elemento que estava espalhando a discórdia.
O seu nome era Diótrefes. Olha o que velho apóstolo diz: "Escrevi à Igreja, mas Diótrefes, que gosta de ser líder entre eles, não nos recebe. Por isso, se eu vos visitar, trarei à memória as coisas que ele faz, proferindo palavras insensatas e maldosas contra nós. Como se isso não fosse o bastante, ele não recebe os irmãos, como também proíbe de fazê-lo os que querem recebe-los e ainda os exclui da Igreja. Amado, não imites o mal, mas sim o bem. Quem faz o bem é de Deus, mas quem faz o mal não viu a Deus" (vv.9-11). Este elemento está dentro do perfil do líder criador de caso, promotor da desunião ou discórdia.

Líderes conciliadores
Os lideres conciliadores são dóceis, amáveis e dialogam com maturidade. São excelentes interlocutores. Não permitem vaidades. São simples em sua expressão, sábios nas palavras e pródigos em fazer o bem. Eles procuram imitar Jesus. São íntegros, não admitem falar mal do próximo. Preservam a integridade das pessoas. São de confiança. Têm interesse em levar as cargas dos outros. Promovem a unidade, pelo Espírito, no vinculo da paz. São líderes que buscam uma comunicação eficiente visando a unidade do Corpo de Cristo. Não aceitam holofotes. Eles têm prazer em servir à semelhança do Mestre.
Não querem ser famosos, mas, sim, notórios. Desejam deixar um legado de amor, afetuosidade, diálogo, cuidado, trabalho duro, integridade e humildade. Eles não têm nenhum interesse em prejudicar quem quer que seja. São amigos na festa e no velório; na dor e no prazer. São pessoas solidárias. Buscam o interesse do outro. São especialistas em fazer pontes e não muros.
Trabalham para unir as pessoas e não separá-las. Eles têm o amor de Jesus; espírito intrépido e ousado de João Batista; a determinação evangelística de Paulo; a liderança forte de Tiago e a sinceridade de Pedro. Esses são líderes dos quais a Igreja precisa. Líderes que reconhecem seus erros, suas limitações e se humilham perante o Senhor que os perdoa e os usa em Cristo Jesus.
Que o Pai nos livre de líderes criadores de confusão, complicados e nos dê líderes comprometidos com a mensagem da cruz, em promover o amor fraternal e a união, bem como glorificar a Deus na sua liderança testemunhando o amor de Jesus ao mundo.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo