terça-feira, 10 de julho de 2012

Casal acha R$ 20 mil na rua e devolve à PM


Polícia suspeita que dinheiro era de restaurante furtado; eles acharam malote após ouvirem alarme.
Um casal de moradores de rua achou na madrugada de ontem um malote com R$ 20 mil perto de um ponto de ônibus da Radial Leste, no Tatuapé (zona leste), e o entregou à polícia.
A quantia havia sido furtada de um restaurante das imediações. Ao encontrar com os moradores de rua e reaver seu dinheiro ontem, um dos donos do estabelecimento deu comida ao casal e ofereceu emprego a eles, o que foi logo aceito.
Um homem que os ameaçou de morte após os dois terem entregue o valor foi preso e será investigado pela Polícia Civil. Ainda não se sabe se ele era um dos criminosos que invadiu o restaurante e levou o dinheiro ou se ficou indignado com o fato dos dois terem devolvido a quantia.

Malote na árvore
O saco havia sido deixado debaixo de uma árvore por volta das 2h por um homem que passou a pé e foi embora, segundo a Secretaria de Segurança Pública. Momentos depois, o catador de produtos recicláveis Rejaniel de Jesus Silva Santos e a mulher, Sandra Regina Domingues, que moram há cerca de quatro meses embaixo do viaduto Azevedo, ouviram o barulho de um alarme. Ao ver o que havia ocorrido, eles encontraram o malote.
Santos pegou o saco com o dinheiro e parou um segurança que passava em uma moto. Ele pediu para que a PM (Polícia Militar) fosse avisada e viesse recuperar a quantia. A honestidade dos moradores de rua impressionou até os policiais que atenderam a ocorrência.
Santos ganha R$ 15 ao dia como catador de materiais recicláveis, segundo a "Folha de S.Paulo".
Ele abandonou o Maranhão para vir trabalhar com o irmão na construção civil, há 16 anos. Casou e teve filho, mas se separou e perdeu o emprego. Acabou indo morar nas ruas.
Ele disse que a única coisa que pensou ao ver a quantia foi no ensinamento de sua mãe. "Eu parei para pensar no que minha mãe falou para mim, para nunca roubar nada que é dos outros", disse, em entrevista ao "SPTV".


Após achar R$ 20 mil, casal sofre ameaças de criminosos
Após encontrar e devolver aos donos a quantia de R$ 20 mil, que havia sido levada em um assalto ao restaurante Hokkai Sushi, os catadores de lixo Rejaniel de Jesus Silva Santos, 36 anos, e Sandra Regina Domingues tiveram uma reviravolta em suas vidas, chegando a sofrer ameaças dos próprios criminosos.
Os dois, que dormiam embaixo do viaduto Carlos Ferraci, no Tatuapé, em São Paulo, acordaram com o som do alarme do estabelecimento na madrugada de segunda-feira e, ao olhar próximo a uma árvore, encontraram sacos com o dinheiro. A polícia acredita que os assaltantes tenham deixado o valor escondido com o intuito de retornar e pegar em outro momento.

"A primeira coisa que veio na minha cabeça foi avisar a polícia", afirmou Rejaniel.
Na manhã de ontem, o casal e representantes do restaurante se encontraram para o dinheiro ser devolvido. "Estamos muito agradecidos. Foi um ato de extrema humildade e honestidade que precisa ser valorizado", disse Daniel Uemura, um dos sócios do restaurante. Como agradecimento, o restaurante ofereceu duas opções aos moradores de rua: um curso de qualificação para trabalhar em uma das unidades da empresa ou passagens e ajuda financeira para o casal para se mudar para o Maranhão, onde vive a família de Santos, que ele não vê há 16 anos. Com as ameaças sofridas pelos dois, os empresários resolveram dar diárias em um hotel até que eles resolvam qual das ofertas aceitar.

Folha/Terra/Destak e outras agências de Notícias

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo