segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Confiando na Soberania de Deus

Joel Comiskey

O Senhor tem me mostrado ultimamente que eu devo fazer o meu melhor para servi-lo, e então deixar os resultados nas mãos dele. Posso escrever os melhores livros e divulgá-los usando minhas melhores habilidades, mas no final é ele que efetua a venda. Posso ministrar e pastorear com todo meu coração, mas no final tenho de deixar o crescimento da igreja nas mãos dele.
Muitas vezes começo a exigir que Deus faça o que eu quero que ele faça — especialmente na área de vendas e crescimento da igreja. Deus está me ensinando, no entanto, a confiar em sua soberania.
Há um ano aproximadamente, ministrei em uma igreja em células no Centro-Oeste. A igreja foi modelo de crescimento de igreja em células durante vários anos. Mas então estagnou. O pastor fundador sentia que deveria haver crescimento todos os anos e começou a pensar que havia fracassado.
Fiquei muito impressionado com a vida e entusiasmo na igreja, mas o pastor estava aborrecido consigo mesmo porque não se sentia bem-sucedido. “Pra mim chega”, ele me disse. “Simplesmente perdi o interesse. Talvez devesse fazer outra coisa.”
Preguei em sua igreja no domingo e fui encorajado pela obra de Deus ali. Mas, novamente o pastor começou a se autocondenar porque a igreja não crescia anualmente. Ele me disse que se sentia fracassado e que talvez fosse o momento de ele deixar a igreja. Eu o ouvi atentamente, mas de repente me peguei dizendo-lhe: “Quem traz o crescimento? Você faz bem muitas coisas, mas você tem um problema em confiar na soberania de Deus para trazer o crescimento à sua igreja. Você precisa aguentar firme até que aconteça”. Sua esposa, sabendo que eu havia acertado um nervo exposto, encorajou-o a ouvir com atenção.
Quando voltei para casa, ainda sentia o peso da conversa que tivemos. Por quê? Porque tantos de nós lutamos com o mesmo problema. Muitos pastores não perseveram o suficiente. Eles não confiam na mão soberana de Deus para trazer o crescimento e dar as consequentes vitórias. Eles desistem cedo demais.
Há um tempo em que Deus chama pastores e líderes para ir embora? Ah, sim. No entanto, mudar para fazer outra coisa quando nos sentimos fracassados não é o melhor a fazer. Meu conselho é perseverar. A bênção virá. Deus quer alcançar almas perdidas e fazer discípulos. E ele também quer usar você e eu nesse processo.
Descobri que liderar uma igreja frequentemente é mais o que Deus quer por meu intermédio do que outras coisas. Quando suas lições são completadas na minha própria vida, ele então traz os resultados desejados. Deus agirá, mas o fará no seu tempo.

JCG, Setembro 2009, Newsletter, www.joelcomiskeygroup.com


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo