sexta-feira, 23 de março de 2007

Quais seus sonhos e o que pode barrá-los?

Quais seus sonhos e o que pode barrá-los?

Liderança Por: David Kornfield

“Onde não há visão, o povo perece” - Provérbios 29.18a (KJV).

Sonhar não é apenas um capricho, é o combustível que faz o carro andar, o alimento da alma. Sem o objetivo de realizar nossos sonhos, não temos razão para crescer, nem o que desfrutar da vida. Se não tivermos visão, morreremos.

Muitas coisas, porém, minam nossos sonhos ou nossa habilidade em lutar por eles! São barreiras que precisamos transpor. Se não o fizermos e desistirmos de nossos sonhos, deixaremos de experimentar a alegria do Senhor em nós e perderemos o alicerce de nossos chamados.

Vejamos algumas barreiras:

1. Falta de foco: nossa vida se dispersa em tantas atividades que perdemos o foco da nossa visão. Não podemos dizer como Paulo “Uma coisa faço...” (Fp 3.13).

2. Cansaço e esgotamento: a correria nos deixa sem fôlego para curtir a vida, sem energia e tempo para sonhar. Não andamos no ritmo do Espírito, fazendo apenas o que vemos o Pai fazer (Jo 5.19).

3. Ausência de perspectiva divina: ouvimos tantas vozes ao nosso redor, de nosso passado e de nós mesmos que perdemos a sabedoria e o poder de Deus. Não separamos tempo para ouvi-Lo (Sl 46.10).

4. Decepção: invade-nos um sentimento de fracasso pelos sonhos que não deram certo.

5. Feridas emocionais sugam nossa energia e ficamos sem disposição para sonhar. Desânimo e até depressão podem nos ameaçar. Medo, ira e estresse nos amarram.

6. Dificuldades financeiras geram preocupações sérias; sem recursos, é difícil pensar além de um certo tipo de sobrevivência.

7. Solidão: a falta de companheiros de sonhos, de pessoas que compartilham a mesma visão e que nos amam, aceitam e apóiam nos impede de criar algo novo; sozinhos, apenas reproduzimos aquilo que já somos.

8. Ausência de mentor: precisamos de alguém que acredita em nós e nos estimula, provoca e desafia para sermos mais do que somos, para irmos além do que imaginamos conseguir. Alguns dos elementos acima minam seus sonhos? Quais passos você pode tomar para superar essas barreiras? Deixe-me comentar brevemente uns passos que tomei nestes dias.

Nossos sonhos ministeriais se expressam através de um grupo ou equipe que anda conosco, compartilhando e lutando juntos por uma mesma visão, um mesmo sonho a alcançar. Sem uma equipe, na verdade, nossos sonhos são apenas desejos ou fantasias. Nesse contexto, recentemente Deus questionou-me (através de uma amiga): “Você tem entregado os seus sonhos para Deus sobre esta equipe? Se sua resposta for negativa, gostaria de fazê-lo neste momento?” Atendi ao chamado de Deus e entreguei-Lhe nossa equipe e sonhos. Descobri, depois, que, na realidade, ainda não estavam claros quais eram os meus sonhos para nossa equipe.

Hoje eu fiz a pergunta “O que eu sonho para minha equipe de sonhos?” E tomei o tempo para ouvir meu coração e o coração de Deus até ter dez respostas. Encorajo você a fazer o mesmo. E se fizer, encorajo você a pedir que os membros da sua equipe também respondam à questão e compartilhem suas respostas em algum momento. É possível que nesse encontro vocês experimentem uma nova unção do Espírito e o nascimento de novos sonhos, como em Atos 2 e Atos 13.1, 2?



David Kornfield
é missionário da Sepal e lidera o MAPI. Formou-se em Antropologia na Universidade de Wheaton, fez mestrado em Educação (Azusa Pacific University) e Antropologia (Universidade de Chicago) e doutorado em Educação Comparativa (Universidade de Chicago). Trabalha no discipulado desde o
ano de 1974. A partir de 1991, dedicou-se especificamente à formação e treinamento de pastores e discipuladores. Casado com Débora, tem quatro filhos.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo