quarta-feira, 8 de agosto de 2007

O Reino, a Igreja e o crescimento saudável | Rev. Misael Nascimento


Plantio

Quem já lidou com uma plantação, sabe que o crescimento final sempre foge ao controle do homem, mesmo que sejam utilizadas modernas técnicas agrícolas. Toda planta desenvolve-se segundo um ciclo normal, obedecendo a um padrão de tempo mínimo para seu desenvolvimento.

Cristo comparou o crescimento do reino com um grão de mostarda. O começo é aparentemente insignificante. Após um tempo, o resultado natural do plantio surgirá (Mt 13.31-32). Daí o apóstolo Paulo comparar a Igreja a um campo no qual nós, homens, plantamos e regamos, mas que cresce pela ação de Deus (1Co 3.6).

Uma Igreja cresce quando os crentes descobrem que foram comissionados para fazer algo para Deus, e entendem que o Espírito Santo os capacitou para isso. Tais pessoas se ligam umas às outras, assumindo um diálogo e serviço comum criativos, a fim de cumprir as ordenanças divinas. Em todo o processo não há precipitações, nenhuma ansiedade infantil ou motivação meramente estatística. O que se deseja é desfrutar de Cristo, servi-lo na comunhão dos santos e marcar todas as áreas da vida com seu precioso nome (Cl 3.17). Os pastores atuam como líderes de provisão, apoio e treinamento, ajudando cada cristão a desempenhar sua função (Ef 4.11-12). Ocorre então o milagre: o corpo todo, “bem ajustado e consolidado, pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor” (Ef 4.16).

Um desafio para as comunidades cristãs é “preservar a unidade no vínculo da paz” em torno da visão de Deus, suprindo e integrando seus membros a serviços realmente bíblicos e frutíferos, fornecendo-lhes cosmovisão cristã para o enfrentamento dos desafios fora dos limites eclesiásticos. Um grupo de crentes consagrados, focados na realização da vontade de Deus, tem o potencial de honrar ao Senhor fazendo coisas significativas para o benefício do mundo. Boas sementes serão plantadas e os frutos nascerão, pela graça e para glória de Deus.

Blogged with Flock

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo