quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

O caminho da unidade

por José Bernardo

“Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união!” Salmo 133:1 [NVI]

Um dos grandes desafios da liderança é a unidade. Manter um grupo de jovens unidos no propósito da evangelização, manter a igreja unida no esforço missionário – são desafios assim que o evangelista, como líder, sempre enfrenta. Quando pensamos em liderança, logo lembramos do salmo 133, texto áureo da unidade. Nesse salmo aprendemos muito sobre como manter unidas as pessoas que lideramos.
O salmo, atribuido a Davi e classificado como ‘cântico dos degraus’, mostra logo uma ótima idéia quando o assunto é unidade. O líder ministra sobre o assunto de forma simples, elementar, usando uma canção, que as pessoas cantavam enquanto caminhavam juntas em suas peregrinações a Jerusalém, para manter princípios básicos da unidade sempre em sua mente.
O texto não exorta à unidade, nem ordena ou convida, nem mesmo procura convencer as pessoas a se unirem. O texto apresenta as vantagens da unidade, divulga que é bom e agradável, oferece algo que elas querem. Muito sábio, porque quando a união é algo obrigatório, sofrível, sacrificial, parece nunca acontecer.
A divulgação das vantagens também não fica vazia. O líder torna essas vantagens bem tangíveis, usando duas ilustrações que as pessoas podiam entender. Para a vantagem espiritual ele usa a ilustração da unção sacerdotal, que significava a escolha e o favor de Deus. Para a vantagem material ele usa a ilustração do orvalho no monte Hermom que, com seu cume coberto de neve era uma bênção para a agricultura durante as secas de verão.
O breve e eficaz ensino é concluído perfeitamente na última frase onde o líder assegura que, vivendo em unidade, as pessoas receberiam de Deus a bênção espiritual e a vida material, deixando à sua escolha o andarem unidas ou não. Que poderosa mensagem essa, que atravessou três milênios e ainda é nosso principal texto sobre unidade! Que precioso recurso para nosso aprendizado e prática como líderes.
Davi começou a aprender sobre liderança muito cedo. Por volta dos dezesseis anos ele estava derrubando gigantes. Precisamos ajudar os “Davi” de nosso tempo, preparando-os para a tarefa que Deus tem para eles. Para isso preparamos a Escola Intensiva de Evangelização da AMME. De 15 a 30 de janeiro vamos preparar adolescentes e jovens para serem líderes.

AMME

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Grupos do Google
Receba em seu e-mail, Textos Reformados Selecionados
E-mail:
Visitar este grupo